ALIMA FEST 2019 – DIA II

E rolou o segundo dia de ALIMA FEST.

No dia 20/01 o evento contou com as bandas: Plastic Fire, Circus Rock, Triunfe, Roterdan, New Day Rising e a Join The Dance.

  Lembrando que as bandas participantes do Alima Fest tem seu clip produzido pela ALIMA PRODUTORA e para conferir cada um deles é só clicar aqui.

“Em tempos obscuros, a música e os amigos salvam.
Obrigada, Alima, por isso tudo.
Obrigada amigos.”
Marcela Sousa.
Foto do: Allan Carvalhorn

Se no primeiro dia já foi um sucesso, o que você poderia esperar do segundo dia? OUTRO SUCESSO, não é mesmo? Casa Cheia, não só de pessoas (que foi importante) melhor que isso, cheio de amor, amigos, boa energia…

Além de boa música, boa resenha, um ambiente legal, também rolou:

  • O Wilson Neto  lançando o livro dele, chamado “Contra-Cultura” (será que tem haver com a musica do Pense? Fiquei Curiosa). Se você não foi no evento e quer ler e conhecer o livro, deixei o facebook dele linkado!
  • A Rafaella Lobianco com flash tattoo
  • A  Danielle Conceição vendendo seus produtos da Apple Queen Store

Tirem um tempinho pra prestigiar os artistas locais. 

As fotos abaixo e os depoimentos das pessoas que participaram desse evento vão te confirmar isso muito bem!
O Rio de Janeiro tem uma cena linda, bandas talentosas que precisam ser exploradas e valorizadas!
Nos depoimentos abaixo vocês vão perceber o quão é importante valorizar a nossa cena local.

Fotos essas tiradas por ele, Fernando Valle! Você pode conferir outras fotos do evento na page da Alima Produtora.

Eu não vou falar muito não, porque quero que vocês apreciem os depoimentos abaixo e deixo-vos uma reflexão.
Quem somos nós? A velhinha ou o Jovem que a ajuda? Pense nisso!

Obs: Já pegou o lencinho? O coração está bom de saúde? Porque vai precisar! Palavras cheias de sentimentos abaixo…

Esse rolê doido foi bom pra lavar a alma, ouvir sons ao vivo que só ouvia no fone de ouvido. Aprendi muito com cada banda desde o dia que os conheci e estar ali presente nos dois dias foi algo surreal. A experiência no show do Vitalism foi boa demais, porque nunca tinha ido num show de Djent, normalmente em show você canta as músicas, mas em show instrumental, o que faria? Dançava? Fingia estar tocando guitarra imaginária? Na hora do show eu vi que podia ter tudo. Nós cantamos os solos, toquei guitarra e bateria imaginárias, quase agrediram a mãe de algum integrante do Vitalism na hora do mosh. Po, relembrando essas coisas só me deu vontade de voltar pra cada show e viver aquele momento mais um pouco. Quero também parabenizar toda equipe da Alima, foi um evento muito bem produzido e o mais incrível foram os integrantes das bandas ajudando as outras bandas com merch, com arrumação de palco e tudo mais. Esse evento só me mostrou que a cena nunca morreu e está muito rica de pessoas boas. Gabriel Nuffer.

Esse evento foi muito bom pra mim, por conta de algumas questões pessoais poderia não ter sido mas foi. No evento eu lavei a alma, vi meus amigos, moshei, entrei na vibe da música, senti as músicas, estava uma energia muito boa! cada Stage dive, cada mosh, aquele twosteep com os irmãos, foi sensacional, pode fortografar, ver a emoção da galera… Foi duca… mesmo não estando em um dia bom, foi uma parada que lavou minha alma, foi absurdo! foi um momento único. “ Allan Carvalhorn, fotografo.

Me sinto honrado em estar envolvido nessa nova fase da cena independente. Fico feliz em ver tanto trabalho bom acontecendo no RJ e ter tocado no Alima Fest me fez enxergar essa evolução mais de pertoBruno Marques, baterista da Roterdan.

Sabe quando você vê alguém ajudando uma velhinha a atravessar rua? Isso está cada vez mais raro de se ver, né? Pois bem, a Alima sempre foi esse alguém e a velhinha, no caso, o artista independente. Então foi bonito e gratificante demais notar que toda boa ação que os caras e as minas da Alima já fizeram, retornaram firme nesses dois domingos. Eu nunca vi o La Esquina tão cheio, não só de pessoas, mas também de boas energias. Fica a sensação: “eles conseguiram. eles merecem.” Rafael Espíndola, vocalista da Roterdan.

Conhecemos o Alima há alguns anos atrás, e desde então ele sempre se mostrou uma pessoa proativa e com muita determinação. De lá pra cá, acompanhamos todo o crescimento e evolução, e realmente fiquei muito contente em ver a Alima realizar esse festival maravilhoso com bandas impecáveis. Esse, é o resultado de pessoas que trabalham por amor e ajudam diversas bandas.” Emanuel Losz, baixista da Roterdan.

Foi bem foda Dannie, desde cedo o evento encheu, todos os shows foram tão animados e legais, a estrutura do som estava foda, tantos amigos de bandas, galera nova, galera que sempre vai, merch vendendo pra caramba, foi uma verdadeira festa e prova que podemos fazer eventos tão profissionais como esse foi. É do caralho ver toda as bandas amigas se profissionalizando cada vez mais, tanto em questão de material audiovisual tanto em questão de show, estrutura, merch, foi um belo começo pra 2019 no RJ, muita banda boa junta.” Banda Circus Rock.

Primeiro foi uma grande honra pra gente ter recebido o convite pra participar do Alima Fest. Todas as bandas reunidas no evento são amigas e isso trouxe uma parceria muito grande desde a divulgação, organização e porque não dizer no divertimento? Encontramos um tratamento impecável por parte da produção e olha que por vezes organizamos eventos e sabemos o quanto é difícil agradar a todos nos mínimos detalhes. E o Alima fest conseguiu isso, todas as bandas estão orgulhosas e felizes por essa verdadeira reunião em família. Os equipamentos e o conforto da casa estavam excelentes dando perfeitas condições pra fazermos o melhor show. Por fim e talvez o mais importante, o público… podemos considerar que a divulgação de todos os envolvidos foi um sucesso. O público compareceu, se divertiu e fez a festa, eles são os responsáveis pelo sucesso q foi o evento. A energia que sentimos passada pela galera nos fez tocar com toda garra que temos pelo melhor show. O resumo de tudo, muitíssimo obrigado Alima produtora audiovisual e a todos que fizeram e compareceram ao Alima Fest, foi fodão e já esperamos o próximo ansiosamente.” Marcelo Prol, vocal da banda Pavio.

Pra nós tocar no Alima Fest foi uma honra e ao mesmo tempo uma aula. O evento estava sensacional, bandas excelentes e a organização impecável. Prova disso, era a casa cheia. Vida Longa a Alima Produtora e ao Alima Fest.” Banda Ultimo Sopro.

Tocar no Alima Fest foi uma oportunidade singular, uma experiência incrível dentro do underground que reuniu tantos nomes, amigos e amigas, experiências e trocas que certamente tornou possível começar 2019 em grande estilo. A Alima chegou para nós, da cena, como uma grande aliada e não somente em termos de trabalho e fortalecimento, mas também como amigos, e o sentimento que pairava sobre o evento era justamente essa celebração do sentimento da amizade e da família, algo muito valioso para a continuação do cenário e que é bem representado por todos que participam e carregam o nome dessa empresa que hoje transpassa os limites do audiovisual. Parabéns pela produção e o nível elevado de estrutura e cobertura que foi proposto e cumprido por todos os envolvidos na idealização e execução dessa festa! Nós do Maieuttica somos gratos por poder fazer parte dessa história e torcemos para que haja mais oportunidades de presenciar e comemorar o sucesso desses parceiros que a música nos deu.” Banda Maieuttica.

Tocar no Alima Fest foi uma experiência maravilhosa pra nós. Junto com várias outras bandas que gostamos muito, conseguimos realizar um show que com certeza ficará na nossa memória. Torcemos para que outros evento como esse aconteçam, pois o Alima Fest apresentou um padrão de qualidade incrível. Acreditamos que tantos as bandas, quanto o público e a produção saíram satisfeitos com o evento.” Banda Venore

Domingo, que geralmente as pessoas associam a um dia monótono e chato, véspera da tão odiado segunda, foi um dia que nos deu forças pra enfrentar todas as segundas do mundo! Os dois dias de AlimaFest tiveram clima de família reunida e nunca nos sentimos tão confortáveis pra fazer o que a gente ama fazer que é música e olhar no olho de cada um enxergando cada verdade e ouvindo cada voz! O AlimaFest foi algo inexplicável com gostinho de “quero mais”! Banda Triunfe

Foi uma honra fazer parte do cast do Alima Fest e ver que, ainda que só tivesse a Join The Dance como banda que tem mina, o apoio dado às artistas que abrilhantaram ainda mais o evento: Ruth com seus lindos prints, Dani com a Apple Queen, Rafa nas tattoos e claro, as próprias mulheres que fazem parte da Alima Produtora. É muito importante pra nós mulheres que cada vez mais tenhamos espaço, tanto no hardcore quanto na vida, e perceber que um evento deste nível fez questão do emponderamento, nos deixa ainda mais felizes! A galera da Alima vem do mesmo lugar da Join The Dance em termos geográficos, e é óbvio que dá um orgulho ainda maior quando os caras são teus vizinhos, até porque se tratando de São Gonçalo, temos poucas referências artísticas de qualidade, e ver eles ganhando o mundo não tem preço!!! Excelentes profissionais, pessoas de caráter e que amam de verdade o que fazem, isso é o que a Alima reflete pra gente e que pode ser sentido por todos que estiveram nos dias 13 e/ou 20 no La Esquina. Obrigada por nos deixar fazer parte disso!!!” La Veggie, vocalista da banda Join The Dance.

“Pra gente da plastic fire, o alima fest foi um típico evento genial, que poderia e DEVERIA ”não ter acontecido”. Você sabe porque? Por que, se cada um se importasse apenas com o seu próprio ser e seu próprio lucro, no seu próprio nicho, nada disso aconteceria. Comemorar vitórias múltiplas com investimento de risco. Que tipo de MALUCO faz isso? O tipo de DOIDO q faz clip porque ama, por uma grana mínima q ta ai, pairando pelas necessidade, mas com a vontade ABSURDA que faz momentos doidos serem eternos. Meninos e meninas da alima, um adendo: muito obrigado pela força e pela inconsequência de quem ama o que faz, de quem faz o que faz com o máximo de amor possível, de quem sangra e sua com a mesma intensidade. Obrigado por tudo, de verdade e nós da plastic fire, estamos aqui pra TUDO, SEMPRE! Amamos vocês demais! Reynaldo Cruz, vocalista da Plastic Fire.

Fotos tiradas pelas lentes dele, Allan Carvalhorn.

Eu disse que seria necessário um lenço, não disse?! Pois bem, obrigada a todos os envolvidos! Acredito que consegui passar a vocês um pouquinho do que a cena é e também do que precisa, que somos nos!

A todos da Alima Produtora eu deixo aqui meus sentimentos mais sinceros a vocês. Obrigada por tudo ate agora e sei que nossa parceria será longa!

NÃO PISCA!

NOSSA ESSÊNCIA É O UNDERGROUND! 

acompanhe a gente nas principais redes sociais

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pp-1.jpg